O terno do futuro

Posted on Apr 18 2011 - 7:10pm by admin

No momento de comprar roupa, um executivo nunca pensaria duas vezes em levar um terno. O motivo é totalmente óbvio: o terno passa sobriedade, seriedade e credibilidade, independente da área em que o homem de negócios esteja atuando. Sempre foi uma convenção que comprar este tipo de roupa é essencial para o sucesso.

O que chamamos de terno, atualmente, é o que na verdade no mundo da moda é denominado de costume. O terno, além do paletó e da calça social, possui também um colete. Ele foi inventado na era da Revolução Industrial e suas cores escuras eram escolhidas propositalmente para que não sujassem com a fuligem das chaminés das fábricas. Porém, o que esta nova geração de grandes empresários abaixo dos 30 anos, a exemplo de Mark Zukemberg vai desejar quando for comprar roupas para o trabalho? Esta é uma típica pergunta das pessoas com o mundo de negócios em constante mudança.

Muitos estilistas apontam que no mundo masculino, diferentemente do feminino, o que prevalece é o conforto e a versatilidade. Assim, somente existem mudanças devidos a estes fatores. Seguindo tais tendências, as peças mudarão sim, mas com o objetivo de se tornarem mais funcionais e não simplesmente mais bonitas. Tecidos diferenciados que permitem melhor passagem do ar e evitam a transpiração excessiva, mudanças na silhueta que favorecem os melhores ângulos de quem está usando a roupa são algumas das alterações previstas para o futuro dos chamados “ternos”.

Moda masculina para o trabalhoModelo de terno escuro da Brooksfield
Estilo e credibilidade
 
 

Com a flexibilidade das organizações aumentando, em favorecimento da descontração, em muitas ocasiões, o executivo poderá abrir mão do look todo e optar somente pelo paletó. Porém, no fim, a cada situação formal, é muito provável que ele venha a recorrer sua presença. E assim, reinará sempre absoluto.

Você encontra ternos nas melhores lojas de departamento e boutiques masculinas, além de sites para venda de roupas coletivas, como o Privalia e o Brandsclub e das próprias marcas como Colombo, Brooksfield, TNG entre outras.

modelo despojado Brooksfield

Modelo mais descontraído da Brooksfield
Fonte: Site da marca